Seg a Sex 7h30 às 18h00
Sáb 7h30 às 12h00
35 3526-2100
35 3521-1439

Por que é nossa obrigação comemorar o dia do agricultor?

Dicas e Artigos

Assim como a água está para a vida, a agricultura está para o ser humano. É desse modo que podemos resumir o porquê de se comemorar toda data de 28 de julho, como sendo o dia do agricultor.

 Pelo decreto Nº 48.630, de 27 de julho de 1960, o Presidente da República, Juscelino Kubitschek, instituiu o Dia do Agricultor tendo como referência a data de 28 de julho de 1860, quando o Imperador D. Pedro II constituiu a Secretaria de Estado dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Públicas que, desde 1930, passou a ser chamada de Ministério da Agricultura.

Além da data de 100 anos da instituição desse ministério, Kubitschek considerou a prosperidade do Brasil por conta da economia agrícola e para homenagear aqueles que se dedicam ao cultivo da terra, trazendo riqueza para o país por meio da natureza. Pela sua essência básica para a vida, é uma das profissões mais antigas da humanidade que, ao longo do tempo, foi se aperfeiçoando em técnicas para gerar a sobrevivência e trazer abundância.

Até hoje, a agricultura é um dos pilares de capital para o país, considerando o enorme volume de produção e exportação de cacau, laranja, cana-de-açúcar, milho, soja, feijão, café e muito mais. A grande maioria desses produtos citados está em primeiro lugar de produção, no ranking mundial.  

Dias atrás, tivemos uma paralisação de caminhoneiros que dificultou o reabastecimento de todo tipo. Já imaginou se os agricultores resolverem parar também? O desastre social e financeiro seria muito maior. 

Na atualidade, há outros fatores que nos dão mais motivos para comemorar esse dia. A questão ambiental e o aumento do uso de tecnologias cada vez mais inovadoras têm cooperado com a consciência da preservação da natureza, principalmente aqueles agricultores que estão recorrendo à prática da agricultura orgânica, levando à população alimentos mais saudáveis, livres dos agrotóxicos e aditivos químicos.

Além disso, é necessário enxergar os milhões de empregos que são gerados de forma direta na agricultura e de modo indireto em outros tipos de produção que dependem dela, como por exemplo, a indústria têxtil, papel e celulose, borracha etc.

Por tudo isso e muito mais é uma obrigação nossa reconhecer a importância dessa profissão milenar, surgida no período Neolítico com data de 3000 a.C. Viva o AGRICULTOR!

Formas de pagamento